Home\Imprensa\Notícias\CÂMARA MUNICIPAL DE CURVELÂNDIA REALIZA SESSÃO SOLENE EM ADESÃO AO OUTUBRO ROSA

CÂMARA MUNICIPAL DE CURVELÂNDIA REALIZA SESSÃO SOLENE EM ADESÃO AO OUTUBRO ROSA

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018 - 14:13:15

 

Na última quinta-feira 18/10, a Câmara municipal de Curvelândia/MT, realizou uma sessão solene em adesão a Campanha de combate ao Câncer de MAMA “Outubro Rosa”.

Após a abertura do cerimonial, foi convidado para fazer uma apresentação musical o professor de Música João Batista.

Foi convidado o secretário de saúde Samuel Rosa e suplente de vereador Jose Gomes, para compor a mesa de autoridades.

Estiveram presente na sessão os vereadores Antônia Aparecida Dantas da Silva, Abdias Vieira da Silva, Jaime Maciel Barbosa, Luiz Pereira Frade, Claudomiro Vilela, Osmar Rizzi e Roberto Serenini, houve apenas a ausência de dois vereadores, Claudinei Alves Nascimento (Nei Mineiro) e João Teixeira de Souza (João da Vera).

O presidente Roberto Serenini, passou a palavra para vereadora Antonia Dantas, autora do requerimento n° 007/2018, que autoriza a realização da sessão solene em adesão a campanha Outubro Rosa, aprovado por unanimidade pelos vereadores.

Na fala a vereadora destacou a importância da campanha ao combate de câncer de mama, sobretudo, sobre a morte recente de uma mulher muito querida em nossa cidade, que reforçou a ideia para iniciativa, através do requerimento n° 007/2018, que foi aprovado por todos vereadores. Falou ainda que durante a sessão serão realizadas três importantes palestras, a primeira será ministrada pela Fernanda D Laet, enfermeira padrão do município de Curvelândia, atendimento do hospital do câncer no município e ações da Secretaria de Saúde, na prestação de serviços para mulheres em relação à prevenção e tratamento de câncer no município, a segunda Gislaine  Prades, Assistente Social: Importância da Assistência Social nas campanhas de prevenção ao câncer de mama e colo de útero, e direitos as mulheres de baixa renda nos encaminhamentos para tratamentos, e a terceira e última Palestra com  Drº Eduardo Marques Lima, médico oncologista, do hospital regional de Cáceres, prevenção e tratamento do câncer de mama e colo de útero nas mulheres, a vereadora finalizou agradecendo a presença todos, e apoio recebido pelos vereadores e colaboradores da cidade que doaram brindes e serviços de beleza através dos salões de beleza e manicures.

Em seguida o presidente Roberto, convidou a primeira palestrante Fernanda de Laet enfermeira padrão de nosso município. Que iniciou cumprimentando o público presente, parabenizou a Câmara Municipal pela iniciativa, e destacou que a campanha do Outubro Rosa em 2018 tem como tema "Câncer de mama: vamos falar sobre isso?". O objetivo é fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer de mama e desmistificar conceitos em relação à doença. A campanha: enfatiza a importância da mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas, falou ainda que o Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias, e que no município através do consorcio são disponibilizadas duas mamografias ao mês, porem que o secretario está buscando meios para aumentar essa demanda, no tocante, a realização do exame clinico das mamas pelo profissional medico ou enfermeiro, é verificado alguma alteração e posteriormente encaminhamento para investigação e se necessário providenciado o  tratamento. Ao final agradeceu o convite, e a presença de todos.

Em sequência, o presidente convida a segunda palestrante da sessão solene Gislaine Prades, para falar sobre a Importância da Assistência Social nas campanhas de prevenção ao câncer de mama e colo de útero, e direitos as mulheres de baixa renda nos encaminhamentos para tratamentos. A assistente social, cumprimentou e parabenizou todos vereadores pela iniciativa, fala sobre suas experiências profissionais, e que atualmente trabalha na escola Boa esperança. Em seguida falou que diagnóstico do câncer é uma descoberta assustadora que pode desequilibrar uma família inteira. Para enfrentar o tratamento, é necessário muita coragem e determinação. Muitas pessoas não sabem, mas pessoas diagnosticadas com câncer possuem direitos especiais garantidos pela legislação, tais como acesso gratuito aos medicamentos necessários para tratar e restabelecer a saúde. Ter acesso a atendimento ambulatorial, realização de exames, internação hospitalar e demais procedimentos necessários para manutenção da saúde em tempo razoável. Ser atendido com dignidade, respeito, atenção, de forma personalizada e com continuidade, em locais e condições adequadas. Ser identificado e tratado pelo nome ou sobrenome, e não por números, códigos ou de modo genérico, desrespeitoso ou preconceituoso. Ser acompanhado por familiar ou pessoa indicada, se assim desejar, nas consultas e exames, durante todo o período de tratamento. Menores de 18 anos e maiores de 60 têm direito a permanecer acompanhados o tempo todo, inclusive durante a internação. Ter acesso a informações claras e completas sobre os serviços de saúde existentes na sua localidade entre outros. Ao final fez um pedido ao secretário de saúde, para que seja distribuído cartilha para orientação das mulheres sobre o câncer de mama, finaliza parabenizando a vereadora Antonia pela iniciativa agradece a presença de todos.

Logo após, o presidente convidou o terceiro e último palestrante Dr Eduardo Marques Lima, médico oncologista. Que fez a palestra utilizando data show, com explanações sobre sua formação acadêmica, experiências profissionais, e sobre o projeto social desenvolvido nos município do estado de mato grosso, “entre laços e abraços” falou sobre a importância da prevenção, inclusive sobre os fatores que levam ao desenvolvimento do câncer de mama. Enfatizou que o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, depois do câncer de pele não melanoma. Somente o exame de mamografia pode mudar a curva da doença. Falou ainda que uma das barreiras para a detecção precoce do câncer de mama é o medo. Muitas mulheres têm receio do exame e demoram a procurar orientação médica para realização da mamografia. Orientou que deve ser procurado um profissional de saúde, pois autoexame é uma maneira importante de a mulher conhecer o próprio corpo e perceber possíveis alterações, mas, muitas vezes, o tumor não consegue ser percebido apenas através do toque. Especialmente na fase inicial – quando o nódulo tem tamanho muito reduzido e, consequentemente, a chance de cura é maior – é imprescindível a realização da mamografia para detecção da doença. Por isso, a premissa básica é: faça acompanhamento regular com um especialista, que irá avaliar clinicamente a paciente e fazer as prescrições de acordo com o seu perfil e necessidades. Falou ainda que a prevenção é um dos fatores mais importante no combate ao câncer de mama, entre as medidas necessárias, foram destacados as seguintes: Atividades físicas. A prática de atividade física diminui em cerca de 1/3 os riscos de desenvolver câncer de mama. Pratique 30 minutos de exercício aeróbico, pelo menos três vezes na semana, ou de acordo com as suas necessidades.

 Controle a alimentação, uma dieta equilibrada evita o sobrepeso e melhora a qualidade de vida. Alimentos industrializados, enlatados e conservados contêm agentes cancerígenos na composição e devem ser evitados. É o caso das carnes processadas, defumadas, curadas ou salgadas (carne de sol, charque e peixes salgados) e embutidos, como salsicha, linguiça, mortadela e salame.  Dê prioridade aos vegetais e coma pelo menos cinco porções ao dia de frutas, legumes e verduras. São alimentos ricos em vitaminas essenciais, sais minerais e fibras, além de substâncias antioxidantes que protegem contra a maioria dos tipos de câncer.

 Consumo de Cigarro, o cigarro contém cerca de 4.720 substâncias tóxicas, que levam a uma série de doenças, entre elas, o câncer.  O tabagismo é considerado a principal causa de morte evitável pela Organização Mundial da Saúde (OMS) – 4,9 milhões pessoas (mais de 10 mil por dia) morrem todos os anos em decorrência do cigarro – e estima-se que 30% de todos os casos de câncer são devido ao tabagismo. Por isso, não fume e proteja-se da fumaça do cigarro. Deixar de fumar é uma das decisões mais importantes na vida de um fumante e para quem convive com quem fuma. Sempre vale a pena.

 Consumo álcool, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o alcoolismo causa entre 2% e 4% das mortes por câncer, sendo um dos fatores de risco para o desenvolvimento de diversos tumores, incluindo o de mama, principalmente se o uso for combinado com o tabaco. Além do câncer, o consumo de álcool está associado a mais de 200 tipos de doenças, entre cardiovasculares, mentais e hepáticas. Reduzir a frequência do consumo pode diminuir as chances de desenvolver a doença, mas a escolha mais saudável é não beber ou evitar ao máximo a ingestão de bebidas alcoólicas.

Estresse, o estresse está entre os fatores de risco para câncer de mama. Alguns estudos mostraram que as mulheres que vivem uma rotina muito agitada e estressante têm quase o dobro de chances de desenvolver a doença. Falou ainda que o estresse aumenta as chances de câncer de mama, mas a relação entre os dois é bastante evidente. Destacou que as técnicas de respiração, meditação e relaxamento, praticadas por meio da ioga, ajudam a controlar o estresse e a ansiedade. Finalizou falando sobre o diagnóstico da doença, índices de cura, tratamento, divulgou imagens de pacientes com a doença, e finalizou recomendando ao público presente, que a prevenção é o melhor tratamento no combate ao câncer, pincipalmente a alimentação e lazer, agradeceu a atenção de todos e parabenizou os vereadores pela iniciativa e se colocou à disposição de todos, e informou que a partir de janeiro estará trabalhando na santa casa do município de Cuiabá.

Após as palestras, o doutor Eduardo, esclareceu as dúvidas dos vereadores e público presente.

Em seguida o presidente concedeu a palabra ao secretario de Saude Samuel Rosa. Que agradeceu a realização do evento, e parabenizou os vereadores pela iniciativa, falou da vista do hospital do câncer em nosso município, e o atendimento em várias áreas de no combate ao câncer, e ainda que estará buscando mecanismo para aumentar a quantidade de mamografias e estender ao número maior de mulheres a fim de diminuir os casos câncer, finalizou colocando a secretaria de saúde a disposição de todos, para esclarecer dúvidas e tomar todas as providencias necessárias em combate ao câncer no município.

Ao final, o presidente da Câmara, agradeceu todos vereadores pelo apoio, a presença do público, os palestrantes, destacou a relevância de cada tema abordado, e principalmente a palestra do médico drº Eduardo, que ressaltou dizendo ser uma das melhores que ele já teve a oportunidade de assistir, em seguida, convidou o público a permanecer no plenário, após o encerramento da sessão, pois será sorteado brindes e em sequência será servido coffee break a todos.


Autor: Câmara Municipal de Curvelândia
Visualizações: 166
Palavras chavesnotícias.
Veja Também
Esta página teve 67276 visitas desde 09/01/2014 - 23:11:10 hs.